Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Volume de ataques de negação de serviço dobrou em 2008

Cada vez mais poderosos, os ataques distribuídos de negação de serviço ganharam muito espaço no ano, de acordo com a Arbor Networks.


Os ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) estão cada vez mais freqüentes, seja contra os provedores de internet ou contra consumidores.
De acordo com pesquisa da Arbor Networks, os DDoS mais do que dobraram no último ano. As informações são do levantamento anual da Arbor Networks com provedores de internet na América do Norte, Europa e Ásia.


Os ataques de negação de serviço agora atingem intensidade de 42Gb por segundo, contra 24Gb por segundo em 2007 e 17Gb por segundo em 2006.
"A força desse ataque é a maior que já vimos," disse o Chief Technology Officer (CTO) da Arbor Rob Malan. Ele acredita que o crescimento dos ataques de negação de serviço está relacionado com o crescimento dos backbones dos provedores de internet assim.

 

ddosattc


Para Malan, a maioria dos ataques de DDos buscam atingir e inundar a infra-estrutura dos provedores de internet e aplicações web de consumidores comuns. "Com isso, eles conseguem um pedido que usa ao mesmo tempo o banco de dados e o servidor web. Eles estão procurando por vulnerabilidades," disse.


De acordo com 15% dos entrevistados, o tempo médio para controlar esse tipo de ataque foi de 15 minutos ou menos. Já 29% dos entrevistados levaram entre 16 a 30 minutos. Levou uma hora para 26% dos entrevistados com 30% dos ouvidos levando mais de uma hora para controlar esse ataque.


Os equipamentos mais visados dos provedores de internet são os serviços de DNS, roteadores, componentes de VoIP e balanceadores de carga.


Apesar do perigo, a maior preocupação dos ISPs não está nos DDoS. O spam ocupa o posto de líder de ataques que drenam recursos operacionais, seguido por DDoS e uso da rede da empresa para transferência em P2P.


Fonte: IDGNow

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do artigo? Então deixe um comentário !!!